quarta-feira, 11 de março de 2009

Manuel Lima - Mapas



Manuel Lima é um açoreano de 30 anos a viver em londres e foi eleito pela revista norte-americana Creativity como uma das 50 mentes mais criativas e influentes de 2009.
E porquê? Por causa de mapas. Este designer criou um site o VisualComplexity que mais não é do que a compilação de mais de 600 projectos de visualização de redes complexas, como por exemplo, politicas, sociais, de transportes, nesta última destaca-se o mapa do metro de Londres 1933.
Harry Beck foi quem criou o de 1933, sendo o mapa que influênciou todos os outros mapas do mundo ao nível de representação visual dos transportes subterrânios. Até então nas representações de mapas as estações eram exactas no que diz respeito à sua localização geográfica, com este mapa isso foi colocado em causa. Beck consegui fazer uma abstracção: deixou de existir uma associação da estação com a sua localização geográfica, o que tornou um mapa muito mais organizado. Beck compôs todo o seu mapa com linhas discriminadas por cores com circulos que marcavam as paragens e se entrecuzavam formando ângulos de 45º, 90º e 180º e a partir daí todos os outros sistemas de metro de todo o mundo cumprem essa regra.
Voltando ao site para explicar um pouco do que se trata, VisualComplexity reúne e categoriza todos esse projectos num espaço único, de modo a proporcionar comparações relevantes. Alguns projectos são peças estáticas, tais como gráficos, diagramas e visualização de redes, representados em posters, material impresso ou imagens geradas em computador. Tem como objectivo estimular um olhar crítico sobre diferentes métodos de visualização.

Sem comentários:

Publicar um comentário